Portugalis®

Publicação Periódica registada na ERC,
sob o n.º 127078.

Marca Nacional registada no INPI sob o n.º 412214.

Turismo, Cultura, Lazer, Saúde, Desporto
e Bem-estar.

Diretor: Nuno Pinto

Barcelos
Barcelos
Foto: CM Barcelos
PUB

Grande Lisboa | Lisboa

88.ª edição da Feira do livro, de 25 de maio a 13 de junho

De regresso a Lisboa, a Feira do Livro volta a crescer e a trazer mais leitura, conforto, sabores e animação a todos os que a visitem entre 25 de maio e 13 de junho. Com 294 pavilhões e 626 marcas editoriais, esta 88.ª edição bate de novo o recorde de expositores e amplia o seu espaço no Parque Eduardo VII com uma área reforçada dedicada em exclusivo ao showcooking e onde vai decorrer a primeira edição do Supper Star Battle.

Para conforto dos visitantes, as áreas de sombra mais do que duplicaram, alargando-se a todas as zonas de descanso, incluindo praças, áreas de alimentação e até ao passadiço onde estão localizadas as esplanadas. Mais diversificada está a oferta de restauração, com mais de 40 opções disponíveis.

Entre as novidades deste ano, destaca-se o Espaço Selfie, o local ideal para tirar e partilhar uma panorâmica da cidade com as hashtags #feiradolivrodelisboa #adorolivros, #amolisboa, #adoroler e a disponibilização de dois pontos de carregamento para telemóveis. Original é ainda a nova coleção de merchandising Feira do Livro de Lisboa, que inclui desde blocos a marcadores de livros em cortiça, canecas e chapéus, assim como a entrega do Prémio Miúdos a Votos, no qual os mais novos fizeram campanha e votaram para eleger aquele que para eles é ‘o melhor dos livros’. Ainda no âmbito dos prémios, de assinalar que a Feira vai acolher uma das paragens do roteiro EUPL (Prémio da União Europeia para a Literatura), o prémio da União Europeia para a Literatura contemporânea que já distinguiu em edições anteriores autores portugueses. Na Feira do Livro, no dia 8 de junho pelas 18h00 vai realizar-se uma conversa com alguns autores entre eles David Machado, vencedor de uma edição passada.

Também novidade é o momento que irá assinalar a Noite da Literatura Europeia, no dia 9 de junho a partir das 15h00, que irá juntar diversos autores como Damir Karakaš (Croácia), Felipe Benitez Reyes (Espanha) Laetitia Colombani (França), Errico Buonanno (Itália), Olga Stehlikova (República Checa), Radu Sergiu Ruba (Roménia), numa conversa moderada pelo bloger, autor, ilustrador e apresentador Pedro Vieira.

Mantêm-se este ano vários dos espaços implementados com sucesso em anteriores edições, a exemplo do Fraldário e do RefresCão (para visitantes de quatro patas) e o mesmo se passa com iniciativas como a Hora H, que regressa com descontos mínimos de 50% em livros que ultrapassaram os 18 meses do preço fixo. Refira-se que a Hora H estará patente entre segunda a quinta-feira, na última hora da Feira, que este ano equivale a dizer entre as 21h00 e as 22h00, já que a Feira passa a fechar às 22h00 (e não às 23h00) de domingo a quinta.

A Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), organizadora da Feira do Livro em conjunto com a Câmara Municipal de Lisboa, continua a ter o seu pavilhão (junto à Praça Marquês de Pombal), onde pode ser vista a exposição “88 anos de imagens com história”, que convida a revisitar o evento desde o início dos anos 30 do século XX, com as suas primeira edições no Rossio. O evento continua, este ano, a contar com parceiros de longa data, como é o caso das Bibliotecas de Lisboa, responsáveis pelo desenvolvimento da programação cultural, com especial incidência na promoção de iniciativas destinadas ao público infantil, às famílias e às escolas.

Outra das instituições que enriquece a agenda da Feira, a Fundação Francisco Manuel dos Santos (FFMS), traz à Praça da Fundação novidades das coleções de Ensaios e Retratos que lançou e debates que juntam autores de referência a Luísa Costa Gomes e João Lopes, crítico de cinema, entre outros, e convidados tais como o Moita Flores, o Nuno Artur Silva, o Adelino Faria, a Luísa Schmidt, para não falar nos demais. A FFMS continua também a deslocar para o Parque Eduardo VII vários programas de rádio e televisão de que é parceira, a exemplo das ‘Noites da Renascença’, com momentos musicais ao vivo, ‘Prova Oral’, ‘Liga D’Ouro’ e ‘Governo Sombra’.

Estas iniciativas e todas as que integram o Programa podem ser consultadas através da aplicação móvel gratuita para Android e iOS, que possibilita o acesso ao Mapa do recinto, aos Livros do Dia e aos múltiplos conteúdos que permitem acompanhar, em tempo real, as centenas de atividades do evento. Estas informações podem também ser consultadas no “Jornal da Feira do Livro”, uma novidade deste ano, que reúne num único suporte o mapa da Feira com algumas das principais iniciativas que vão ter lugar em 20 dias de Feira. Ainda no campo das novas tecnologias e para um cómodo acesso dos visitantes à Internet, a 88.ª edição mantém o Wi-Fi gratuito nas praças principais.

Horário da Feira:

Segunda e quinta-feira: das 12h30 às 22h00;

Sextas-feiras: das 12h30 às 00h00;

Sábados: das 11h00 às 00h00;

Domingos e feriados: das 11h00 às 22h00.